Série documental de quatro episódios percorre a história que é maioritariamente de parcerias do governo norte-americano com traficantes de heroína, alucinogénios e cocaína.

Tudo será contado através de testemunhos de antigos funcionários da CIA e DEA, traficantes de droga, membros de gangues, especialistas e fontes internas.

O canal HISTÓRIA estreia a partir do dia 21 de outubro, pelas 22h45, série documental ‘A guerra contra a droga’. 

Uma viagem envolvente às últimas cinco décadas que revela como  a CIA, obcecada em manter os EUA  a salvo na guerra contra o comunismo, se aliou a máfias e traficantes de  dr oga estrangeiros. Em troca de apoio contra inimigos estrangeiros, foi permitido aos grupos aumentarem o comércio de drogas nos EUA. A série de quatro episódios explora as consequências involuntárias de quando gangsters, senhores da guerra, espiões, empreendedores bandidos, gangues de rua e políticos lutam por poder e controlo do mercado negro de narcóticos – tudo contado através de testemunhos de antigos funcionários da CIA e DEA, traficantes de droga, membros de gangues, especialistas e fontes internas.

‘A guerra contra a droga’ revela operações clandestinas da Guerra Fria  que fortaleceram uma geração de traficantes de drogas e os detalhes particulares de experiências da CIA com LSD que ajudaram a promover o movimento contracultura levando à repressão do presidente Nixon e à declaração de guerra às drogas. A série documental analisa a ascensão dos “cowboys da cocaína”, uma ilha secreta como “base da cocaína,” a ligação da CIA à epidemia do crack, a história de cartéis e suas táticas assassinas, a era do “Just Say No,” o efeito negativo do NAFTA e a carreira improvável de uma rainha das metanfetaminas do Midwest quase famosa.

A série examina também como os ataques do 11 de setembro estão interligados com a Guerra às Drogas e a Guerra ao Terrorismo transformando o Afeganistão num narco-estado repleto de corrupção. Explora também como a intervenção norte-americana no México ajudou à ascensão de El Chapo e Super Cartéis trazendo níveis de violência sem precedentes e enviando ainda mais drogas através das fronteiras com os EUA. Cinco décadas depois do início da Guerra às Drogas, um movimento para legalizar a marijuana ganha força, mega corporações tornaram -se ainda mais ricas e mais poderosas do que qualquer cartel de droga e continua a aumentar a  procura por  he roína e outras drogas ilegais.

 

EPISÓDIO 1: ÁCIDO, ESPIÕES E EXPERIÊNCIAS SECRETAS

As raízes da Guerra às Drogas dos EUA revela tentativas de assassinato, experiências bizarras da  CIA com LSD e o apoio de traficantes de heroína, LSD lançado de paraquedas , e como isso levou a uma guerra de cinco décadas.

21 de outubro, 22h45

 

EPISÓDIO 2: COCAÍNA, CARTÉIS E RUSGAS

A cocaína aterra nos EUA a partir de aeroportos secretos, enchendo os bolsos dos chefes dos cartéis de droga e a uma infame “viúva negra”, uma vez que as guerras secretas da CIA têm consequências imprevistas. O presidente Reagan tenta pôr termo à invasão de crack nos EUA.

28 de outubro, 22h45

 

EPISÓDIO 3: GANGUES, CADEIAS E RAINHAS DAS METANFETAMINAS

A violência relacionada com a droga assola as cidades americanas, depois de a Administração Clinton abrir as portas aos cartéis mexicanos e aumentar as penas de prisão. Surge uma improvável rainha das metanfetaminas, e um senhor do crime vinga-se.

4 de novembro, 22h45

 

EPISÓDIO 4: HEROÍNA, TERRORISTAS E REIS DA DOR

Depois do 11 de Setembro, os barões da heroína e os terroristas formam uma terrível aliança. O Afeganistão é um narcoestado. El Chapo escapa. A Big Pharma torna-se o novo grande barão da droga, e os americanos estão cada vez mais viciados e perguntam-se se a guerra contra a droga valerá a pena.

11 de novembro, 22h45