Abelardo Rodríguez, Bugsy Siegel, Virginia Hill e Meyer Lansky traçaram um plano audacioso que iria abrir novas fronteiras para um negócio “milionário”.

Série baseia-se na reunião em Havana, Cuba, em finais de dezembro de 1946, onde estiveram todos os líderes representando as famílias do crime da Cosa Nostra dos Estados Unidos, e mostra como se iniciou a expansão dos interesses da Máfia no centro da América Latina.

O canal HISTÓRIA estreia `Embaixadores da máfia´, a partir do dia 14 de agosto, pelas 22horas.

Uma série com dois episódios duplos, que investiga em profundidade a conexão da Costa Nostra dos Estados Unidos e a sua rede na América Latina e que revela as histórias das quatro líderes principais que construíram um império de falsificação, tráfico de droga, jogo e prostituição na América Latina durante a época áurea da máfia.

Dos ardentes anos 20 aos anos 50, passando pelo pós-guerra, a Grande Depressão e a Segunda Guerra Mundial, Abelardo Rodríguez, o “Barão da Fronteira”, um homem cuja vontade de poder abriu o caminho para a expansão do crime organizado na América Latina, Bugsy Siegel, um dos gangsters de maior perfil mediático e quem criou Las Vegas, Virginia Hill, uma mulher sedutora que subiu muito alto na organização do crime e que foi apelidada de “A Rainha da Máfia” e Meyer Lansky, o cérebro dos negócios da Costa Nostra, traçaram um plano audacioso que iria abrir novas fronteiras para um negócio “milionário”.

Baseando-se na reunião em Havana, Cuba, em finais de dezembro de 1946, onde estiveram todos os líderes representando as famílias do crime da Cosa Nostra dos Estados Unidos, série mostra como se iniciou a expansão dos interesses da Máfia no centro da América Latina.

ABELARDO RODRIGUEZ

Abelardo Rodríguez foi um mexicano carismático que nasceu no seio de uma família humilde.

Viveu nos Estados Unidos durante um breve período de tempo, onde aprendeu a falar inglês. Esse conhecimento foi crucial para comunicar com os Americanos que atravessavam as fronteiras à procura de mulheres, álcool e jogo.

Como o dinheiro traz poder, Abelardo acabou como um aliado da máfia e político, tendo sido inicialmente eleito governador e, mais tarde, Presidente do México.

Segunda-feira, 14 agosto, 22h00

BUGSY SIEGEL

Durante a Segunda Guerra Mundial, o tráfico de droga para os EUA parou. Portanto, a máfia decidiu estabelecer o negócio no México com Bugsy Siegel a mudar-se para Tijuana para montar a nova base de operações.

Mesmo quando o seu caso com Virginia Hill e o grande mediatismo do casal se revelava prejudicial para o negócio, Siegel foi conquistando cada vez mais poder, ao fechar grandes negócios, como a abertura do primeiro casino em Las Vegas.

Segunda-feira, 14 agosto, 22h45

VIRGINIA HILL

Nascida no seio de uma família pobre e movida pelo ódio que tinha ao pai violento, Virginia Hill sempre ambicionou ganhar dinheiro sozinha. Jogadora profissional e perita em “lavagem de dinheiro”, Virginia Hill tornou-se a mensageira perfeita entre as duas “famílias”: a de Al Capone e a de Lucky Luciano.

Bugsy Siegel era o grande amor da sua vida e o seu parceiro no crime. Depois de Siegel ter sido assassinado, Virginia assumiu os negócios da máfia no México, perpetuando o legado de Bugsy.

Segunda-feira, 21 agosto, 22h00

MEYER LANSKY

Conhecido como “o cérebro” da máfia de Lucky Luciano, Mayer Lansky foi responsável pela continuação da expansão do legado da família depois da morte de Bugsy e de Virginia. Também foi ele que introduziu o tráfico de droga em Cuba, fazendo negócios tanto com Batista como com Fidel Castro.

Segunda-feira, 21 agosto, 22h45