Canal HISTÓRIA

Canal de História estreia “Caçadores de Nazis”

12 Janeiro 2011

66º Aniversário do holocausto assinalado com série em estreia exclusiva

Numa altura em que se assinala o 66º aniversário do Holocausto, o Canal de História estreia em exclusivo a série de 8 documentários “Caçadores de Nazis”, uma oportunidade intensa, visceral e audaciosa para acompanhar todas as quartas-feiras, a partir de 12 de Janeiro, sempre às 22h00, um selecto grupo de agentes secretos que arriscaram a própria vida para que fosse feita justiça.

“Caçadores de Nazis” é uma série realizada por Timothy Wolochatiuk que pretende não deixar cair no esquecimento o Holocausto nazi, abordando o tema de um ponto de vista surpreendente e apaixonante.

Produzida em 2010, esta espectacular série atravessa oito missões narradas pelos verdadeiros “caçadores de nazis”, como a perseguição surpreendente de Klaus Barbie, na Bolívia, ou a intrépida operação do Mossad para sequestrar Adolf Eichmann em Buenos Aires.

O primeiro documentário desta produção, que arranca a 12 de Janeiro e culmina a 2 de Março, é dedicado à história de “Herbert Cukurs”, um sádico fascista responsável pelo extermínio de 30.000 judeus da Letónia que foi capturado e executado em São Paulo (Brasil), onde levava uma vida tranquila, no decurso de uma das missões mais audazes da história.

Na quarta-feira seguinte, dia 19 de Janeiro, ficamos a conhecer um dos criminosos nazis com pior reputação, “Adolf Eichmann”. Conhecido por ter criado a solução final de Hitler e o assassínio de seis milhões de judeus, é identificado em 1960 na periferia de Buenos Aires. Contudo, resta à Mossad o minucioso plano de sequestrar Eichmann e introduzi-lo às escondidas em Israel para o julgar. Terão conseguido?

Na véspera do Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, celebrado a 27 de Janeiro, o Canal de História exibe “Klaus Barbie”, a história da vida de um chefe da Gestapo com as mãos manchadas com o sangue de 10.000 judeus franceses, mais tarde contratado pela CIA como agente anticomunista.

Neste documentário, exibido dia 26 de Janeiro, ficaremos a conhecer a campanha mediática que envolveu a sua captura – para a qual foi necessária uma década -, um plano falido de sequestro e uma volta radical na política da Bolívia para levar perante a justiça o homem conhecido como o carniceiro de Lyon.

Depois da Segunda Guerra Mundial, o “Holocausto” passou a designar o extermínio de várias raças indesejadas para os nazis, liderados por Adolf Hitler. Milhões de pessoas morreram. O extermínio acontecia porque para Hitler, defensor da raça ariana, todas as outras eram vistas como “impuras”.

Compartilhar

     

NOTÍCIAS RELACIONADAS

25 Março 2024

Canal HISTÓRIA estreia “Impérios da Antiguidade”

LER NOTÍCIAS
04 Março 2024

Canal HISTÓRIA celebra Dia Internacional da Mulher

LER NOTÍCIAS
25 Fevereiro 2024

Canal HISTÓRIA recorda “As Grandes Marcas que Mudaram o Mundo”

LER NOTÍCIAS