Canal HISTÓRIA

No seu 20.º Aniversário, HISTÓRIA constrói as memórias do amanhã com conhecidas personalidades portuguesas

05 Julho 2019

Cristina Ferreira, Diogo Infante, Dulce Pontes, Miguel Vieira, Patrícia Mamona são algumas das figuras públicas que deram o seu testemunho ao canal, para peças de produção própria emitidas antes de cada programa especial do 20.º aniversário.

Acreditando que só investigando e conhecendo o passado será possível, ao ser humano, ter a capacidade de agir no presente para melhorar o futuro, o canal HISTÓRIA assinala o seu 20.º aniversário assente no tema #HISTÓRIADOFUTURO.

À programação especial, centrada em 20 momentos que marcaram a evolução da humanidade, o canal juntou 20 peças curtas de produção própria, que são emitidas antes de cada programa vinculado ao aniversário, nas quais participaram 20 personalidades portuguesas de diferentes áreas de conhecimento que partilharam as suas visões de como serão as respetivas áreas em 2038.

A apresentadora de TV e empresária de sucesso, Cristina Ferreira, o ator e encenador Diogo Infante, a cantora e compositora, Dulce Pontes, o designer de moda, Miguel Vieira, a atleta olímpica, Patrícia Mamona, são algumas das figuras públicas que foram convidadas e desafiadas pelo canal a recordar o passado e avançar para o futuro, através da gravação do seu testemunho para as peças de produção própria.

“Temos como objetivo construir hoje as memórias do amanhã, por isso, o canal vai guardar os testemunhos numa cápsula do tempo, como um legado, para que possam ser abertos daqui a 20 anos e verificarmos se as previsões de cada uma das personalidades foram cumpridas”, comenta Carolina Godayol, Diretora do The History Channel Ibéria.

“As novas tecnologias existem para nos facilitarem a vida … para sermos ainda mais criativos e potenciar o nosso imaginário. Eu tenho sempre uma visão otimista em relação ao teatro, quando oiço falar na crise da arte. O que pode mudar … a mentalidade, ou seja, é uma questão cultural, social que passa por nós, pela nossa geração. Não é preciso ser uma elite para ir-se ao teatro, não é preciso espetáculos herméticos superiores para apresentar um bom teatro”

Diogo Infante

“Em 2039, acho que as pessoas vão andar vestidas sobretudo com uma muito importante consciência em não destruir o ambiente e comprar o menos peças possíveis e usar materiais reciclados. Eu gostava muito que Portugal fosse um país com tradição de moda”

Miguel Vieira

“A tecnologia foi uma mais valia, um simples telemóvel consegue filmar o salto e consegue-se perceber a progressão e os erros. Daqui a 20 anos … se alguma rapariga fizer 16 metros talvez possa ser possível. O meu sonho é estar no patamar mais alto e treinar para estar no top de elite que são os 15 metros, é muito difícil eu sei…”

Patrícia Mamona

Compartilhar

     

NOTÍCIAS RELACIONADAS

25 Março 2024

Canal HISTÓRIA estreia “Impérios da Antiguidade”

LER NOTÍCIAS
04 Março 2024

Canal HISTÓRIA celebra Dia Internacional da Mulher

LER NOTÍCIAS
25 Fevereiro 2024

Canal HISTÓRIA recorda “As Grandes Marcas que Mudaram o Mundo”

LER NOTÍCIAS